Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

wanderworld

Somos um casal português, vivemos e trabalhamos em Londres mas vemo-nos como verdadeiros cidadãos do Mundo. Adoramos viajar, sair, comer, beber, experimentar, cozinhar, rir... bem, pode resumir-se tudo com "adoramos viver"

wanderworld

Somos um casal português, vivemos e trabalhamos em Londres mas vemo-nos como verdadeiros cidadãos do Mundo. Adoramos viajar, sair, comer, beber, experimentar, cozinhar, rir... bem, pode resumir-se tudo com "adoramos viver"

Destinos em alta para 2017

Tal como vos tínhamos dito há uns dias atrás, hoje fomos dar uma vista de olhos à feira de viagens organizada pelo jornal "The Telegraph". Não fomos com o intuito de agendar qualquer viagem para este ano, uma vez que essas se encontram marcadas já há alguns meses, mas sim para termos uma ideia de quais os destinos que se encontram em alta ou se algo diferente nos fazia sonhar, desde já, com as ferias de 2018. Ficamos com a impressão que toda a exposição se encontrava dirigida para uma faixa etária acima da nossa ou para pessoas que procuram pacotes já com roteiros incluídos e esse nunca foi, até agora, o nosso estilo de férias. A possibilidade de decidirmos quando e como queremos fazer algo, o número de dias que passamos num determinado local ou onde queremos tomar as nossas refeições é o que mais valorizamos aquando em viagem.

 

O recinto encontrava-se recheado de stands, palcos com oradores que contavam as suas mais recentes aventuras ou que respondiam a perguntas acerca dos mais diversos temas, bancadas com provas de comida e bebida, exposições de fotografia e muitos lugares de sonho que nos fazem desejar, ainda mais, o Euromilhões. Apesar de todos os stands, excepto o de Cuba e um do Governo Inglês com informações acerca de passaportes e seguros de viagem, serem da responsabilidade de agências ou operadores turísticos, não deixámos de notar a total inexistência de informação relativa a Portugal como destino a visitar. Bem, provavelmente já nos consideram como parte do Reino Unido tendo em conta o número de residentes Britânicos no "All garve"!

 

Mas vamos ao que interessa...os destinos. Dos muitos apresentados, estes foram, para nós, os em maior destaque:

 

Islandia

Islândia 

Mal entrámos, deparámo-nos com um stand dedicado exclusivamente a um dos destinos mais em foco ao longo de todo o salão, a Islândia. Viagens para Reykjavík com opção de tours para ver as Auroras Boreais e/ou a Lagoa Azul ou com aluguer de carro incluído eram as mais publicitadas. Definitivamente na nossa lista!

 

Canada de comboio

Canadá de comboio

O Canadá sempre foi um dos nossos destinos de sonho. As paisagens deslumbrantes do Quebeque, as Cataratas de Niagara, os parques naturais e o contraste com a arquitectura e vida cultural de cidades como Toronto, Vancouver ou Montreal encontram-se bem alto na lista das nossas viagens a realizar. Não foi, por isso, difícil fazerem-nos sorrir quando encontrámos 4 stands exclusivamente dedicados a percorrer o país de comboio, com diversas opções de trajecto e preços. Sem duvida, um "must do"!!

 

Peru

Perú  

A civilização Inca sempre nos fascinou e uma viagem ás suas terras é um dos itens da nossa "bucket list". O Perú, mais concretamente as ruínas de Machu Picchu, sempre atraíram imensos turistas mas o que não deixámos de verificar foi o elevado número de agências e operadores que destacavam este entre todos os outros que destinos das suas carteiras de oferta. Viagens a pé, de comboio, em jipe, de Lama, dormir na cidade ou na selva, em hotel ou tenda, eram apenas algumas das inúmeras hipóteses de escolha. Para nós, um jipe e... uma caminha de hotel, por favor.

 

Cuba

Cuba

Apesar de Cuba não ser um dos destinos mais divulgados na feira, não queríamos deixar de o destacar. Aproveitem-na o mais rápido possível! Visitar Havana é como viajar no tempo, até a década de 50 do século passado, para nos deliciarmos com um refrescante Mojito com Salsa e a Rumba como música de fundo. A razão principal para recomendarmos uma visita em breve prende-se com o levantar do embargo americano, o que, no nosso entender, pode levar a que, sobretudo a capital cubana, perca um pouco da sua magia ao deixar-se contaminar pelas grandes cadeias globais. 

 

Esperamos ter aguçado o vosso espirito de viajante! Boas viagens e aventuras!!

 

 

4 comentários

Comentar post