Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

wanderworld

Somos um casal português, vivemos e trabalhamos em Londres mas vemo-nos como verdadeiros cidadãos do Mundo. Adoramos viajar, sair, comer, beber, experimentar, cozinhar, rir... bem, pode resumir-se tudo com "adoramos viver"

wanderworld

Somos um casal português, vivemos e trabalhamos em Londres mas vemo-nos como verdadeiros cidadãos do Mundo. Adoramos viajar, sair, comer, beber, experimentar, cozinhar, rir... bem, pode resumir-se tudo com "adoramos viver"

London Essentials: Portobello Road Market

portobello road market

 

Há uns anos atrás, Julia Roberts e Hugh Grant trouxeram à ribalta as coloridas casas do romântico bairro de Notting Hill. Apenas uns metros mais a frente do local de rodagem, encontra-se um dos mais icónicos mercados de rua do mundo, o Portobello Road Market. A sua história inicia-se no século XIX, com a venda de alimentos frescos provenientes de uma grande quinta, a Portobello Farm, situada em Golborne Road, uma das entradas dos mercado.  Anos mais tarde, em meados da década de 1940, a rua foi invadida por negociantes de arte e antiguidades que atraíram pessoas das mais elevadas classes sociais de Londres e de todos o Reino Unido. Esta fusão traduziu-se num ambiente cosmopolita que se mantém ainda nos nossos dias.

 

Aquando da nossa mudança para Inglaterra, visitámos praticamente todos os pontos de interesses do guia turístico londrino e, obviamente, o Portobello Road Market fazia parte da lista. Agora, passados alguns anos, não visitamos regularmente o Palácio de Buckingham ou o Big Ben mas, ao invés, percorrer este mercado aos sábados é uma das rotinas de fim de semana das quais não abdicamos. Portobello tem uma atmosfera única,  é muito vintage mas, ao mesmo tempo, moderno e super trendy. E cada visita parece sempre ser a primeira.  

 

Como temos a vantagem de morar relativamente perto, a viagem a pé até ao mercado é facilmente feita em menos de meia hora. Habitualmente começamos a nossa visita pela Golborne Road, onde se encontra a "Lisboa Patisserie", paragem obrigatória (só por si, uma boa desculpa para ir a Portobello) pois é a única oportunidade da semana de nos deliciarmos com um autêntico café português (muito importante para dois assumidos viciados em cafeína, como nós) e claro, não podia faltar um verdadeiro pastel de nata, sempre servido com o sorriso, à vontade e a simpatia tão portuguesas. 

 

portobello road market

 

Com a alma aquecida e de forças retemperadas, avançamos pela rua, local ideal para nos perdermos nas inúmeras lojas de decoração (que ao sábado também expõem os seus artigos nos passeios em frente) com artigos de toda a parte do mundo (já lá comprámos uns puffs marroquinos para decorar a nossa sala). Nesta rua encontram se também alguns dos melhores brunchs de Londres - Recomendamos vivamente o "Snaps and Rye" e a "Golborne Deli".

 

Chegados à Portobello Road, é tempo de nos maravilharmos com antiguidades em segunda, terceira ou quarta mão, com roupas e sapatos vintage de marca a preços incríveis (tudo ou praticamente tudo em óptimo estado). Mais adiante encontramos peças únicas de designers, tais como roupas, chapéus, malas,  joalharia... Uma perdição(!!) visto que se tratam de trabalhos originais que não se encontram nas grandes cadeias de lojas.  E difícil resistir e não trazer recordações para casa. 

 

A música do gira discos de uma das tendas cria o ambiente perfeito para uma viagem no tempo, já que foi nesta feira da ladra que, de uma vez, compramos fardas completas da "Royal Air Force" da II Guerra Mundial para nos vestirmos a rigor para a "Blitz Party", e noutra ocasião, uns glamorosos trajes dos anos 20 para a "Proihition Party".  

paella

 

Ao longo da rua, as várias bancas de comidas de todo mundo enchem o ar de aromas que nos transportam até outras paragens. Já lá experimentamos de tudo, falafel, churros com chocolate quente, cheeky burguers, paella, bruschettas, sandes de pulled pork,... Se não são adeptos de comer de pé ou, apenas porque está frio e é bom sentarmo-nos por alguns minutos, têm imensas opções à escolha. As nossas favoritas são o sushi no "Ukai" (com música ao vivo), as deliciosas pizzas e pastas do "Saporitalia", as tapas do "Pix", o "Honest Burguers", os maravilhosos cupcakes do "The Hummingbird Bakery" e, claro, não podia faltar um gin tónico no "The Ginstitute".

 

mercado biologico

Invariavelmente aproveitamos para comprar alguma fruta e vegetais no mercado biológico e a "Lisboa Delicatessen" é, também, uma paragem obrigatória quando as saudades dos sabores de casa apertam.

 

Por tudo isto, Portobello é sem duvida um dos nossos locais de eleição.. Quem sabe um dia ainda nos encontramos por lá!!!

 

 

2 comentários

Comentar post